Torre dos clerigos

torre dos clerigos

Quais eram as principais características da Torre dos Clérigos?

A Torre dos Clérigos ficou também conhecida pela sua meridiana, um engenho dotada com um sistema de pistola, cujo gatilho disparava sempre ao meio-dia, com uma pontualidade superior à dos poucos relógios da época. Ao meio-dia, o sol dava na lente, queimava o fio, disparava o gatilho e dava um tiro.

Onde fica a Igreja e Torre dos Clérigos?

A Igreja e Torre dos Clérigos (século XVIII) é um notável conjunto arquitetónico situado na cidade do Porto, Portugal, sendo considerado o cartão-postal dessa cidade. O conjunto localiza-se no topo da Rua dos Clérigos, entre as ruas de São Filipe Néri ( ou São Filipe Nery) e da Assunção.

Como surgiu a Igreja dos Clérigos?

O projeto da Igreja dos Clérigos, de autoria de Nicolau Nasoni, foi aprovado na reunião da Irmandade dos Clérigos, em dezembro de 1731. As obras arrancaram em abril de 1732, com a abertura dos alicerces, iniciando-se assim a construção daquela que viria a ser a primeira igreja em Portugal com planta em forma de elipse.

Quais são os estilos arquitectónicos da Torre dos Clérigos?

A Torre dos Clérigos, é incontestavelmente o ex-líbris da cidade, e um excelente miradouro sobre esta. Com uma mistura de estilos arquitectónicos o edifício apresenta em todo o seu esplendor, traços do neoclássico oitocentista, arquitectura toscana, assim como o neopaladiano inglês.

Qual é o estilo da Torre dos Clérigos?

A Torre dos Clérigos possui o estilo barraco em sua arquitetura, marca do período no qual foi construída, tendo sido finalizada em 1763. Quando se fala dessa construção, sempre devem ser mencionados Nicolau Nasoni e a Irmandade dos Clérigos, personagens importantíssimos para que essa obra efetivamente fosse construída.

Onde fica a Igreja e Torre dos Clérigos?

A Igreja e Torre dos Clérigos (século XVIII) é um notável conjunto arquitetónico situado na cidade do Porto, Portugal, sendo considerado o cartão-postal dessa cidade. O conjunto localiza-se no topo da Rua dos Clérigos, entre as ruas de São Filipe Néri ( ou São Filipe Nery) e da Assunção.

Por que visitar a Torre dos Clérigos?

A Torre dos Clérigos foi distinguida como monumento nacional em 1910; Os Clérigos são considerados uma das maiores obras de Nicolau Nasoni; O edifício entre a Igreja e a Torre, hoje conhecido como Casa dos Clérigos, funcionava como uma enfermaria;

Qual a diferença entre a Irmandade dos clérigos e a Torre dos Clérigos?

Já a Irmandade dos Clérigos foi uma instituição formada por fieis no começo do século XVIII. Com seu crescimento econômico se tornou possível garantir a construção da Torre e da Igreja dos Clérigos. Sendo um dos símbolos arquitetônicos de Porto, não é de se estranhar que a Torre dos Clérigos receba cerca de 500 mil visitantes todos os anos.

Qual é a decoração da Igreja dos Clérigos?

Os Clérigos distinguem-se pelo seu estilo barroco. A igreja, com uma decoração bastante detalhada, prima pelo contraste das mármores e pelos santos. A Torre dos Clérigos tem 75 metros, seis andares e 240 degraus (numa escadaria em espiral);

Como surgiu a Irmandade dos Clérigos?

A 28 de março de 1748 a Confraria de Nossa Senhora da Misericórdia, de São Pedro ad Vincula e de São Filipe Neri, mudou-se definitivamente para a sua sede: a Igreja dos Clérigos.

Onde fica a Igreja e Torre dos Clérigos?

A Igreja e Torre dos Clérigos (século XVIII) é um notável conjunto arquitetónico situado na cidade do Porto, Portugal, sendo considerado o cartão-postal dessa cidade. O conjunto localiza-se no topo da Rua dos Clérigos, entre as ruas de São Filipe Néri ( ou São Filipe Nery) e da Assunção.

Quais são as principais características da Torre dos Clérigos?

Ao mesmo tempo, a inclinação da Rua (hoje) dos Clérigos confere uma grande verticalidade à fachada, efeito sublinhado pela rotação do seu eixo em relação à rua. Finalmente, Nasoni conferiu à torre enorme altura (75 metros) e decorou-a com grande variedade de formas, atribuindo-lhe o protagonismo do conjunto.

Postagens relacionadas: