Ucrânia rússia ao minuto

ucrânia rússia ao minuto

Quais foram as consequências da invasão russa à Ucrânia?

A invasão russa à Ucrânia tem resultado no estabelecimento de medidas concertadas, por parte dos Estados-membros da União Europeia, para tentar amenizar o conflito existente entre os dois países.

Qual foi o primeiro dia de invasão russa na Ucrânia?

O primeiro dia de invasão russa na Ucrânia resultou em 137 mortos ucranianos, informou esta noite o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky. Desses, dez eram oficiais ucranianos e há a registar 316 feridos.

Por que o presidente russo justificou a operação militar especial na Ucrânia?

Durante o dia, o presidente russo, Vladimir Putin, justificou a operação militar especial com a necessidade de desmilitarizar e desnazificar a Ucrânia . O primeiro dia da guerra na Ucrânia ficou marcado pela morte de 137 ucranianos, segundo o último balanço do presidente Volodymyr Zelensky. Há ainda 316 feridos.

Quem é o presidente da Ucrânia?

Na verdade, o governo democraticamente eleito da Ucrânia é comandado por um presidente judeu, Volodymyr Zelensky, cujos tios-avôs e outros membros da família foram assassinados durante o Holocausto, afirmou à BBC News Brasil a historiadora Amy Randall, da Santa Clara University, na Califórnia, especialista em Rússia.

O que aconteceu com as forças armadas da Ucrânia?

As Forças Armadas da Ucrânia falam de uma situação muito difícil, mas garantem estar a conseguir travar o avanço do inimigo. Os enviados da RTP, Cláudio Calhau e António Mateus, foram à cidade mais próxima da linha da frente da ofensiva. Sloviansk é agora o último reduto na região de Donetsk controlado pelas forças ucranianas.

Por que o presidente ucraniano telefoneu ao primeiro-ministro britânico?

O presidente ucraniano telefonou ao primeiro-ministro britânico para lhe comunicar a sua tristeza pela saída da presidência do Partido Conservador britânico, refere a presidência ucraniana em um comunicado. Todos nós recebemos esta notícia com tristeza.

Como o presidente moçambicano defendeu o diálogo entre a Ucrânia e a Rússia?

O Presidente moçambicano defendeu hoje o diálogo entre Ucrânia e Rússia para acabar com a guerra, durante um telefonema com o homólogo Volodymyr Zelensky, anunciou o gabinete presidencial em Maputo.

Postagens relacionadas: