Certificados de aforro ctt

certificados de aforro ctt

Como funcionam os certificados de aforro?

Isto significa que, ao subscrever Certificados de Aforro, está a emprestar dinheiro ao Estado Português. É o Estado Português que garante que vai receber de volta toda a sua poupança e os juros a que tiver direito. A partir do segundo ano, além da taxa-base beneficia de um prémio de permanência de 0,5 %.

Quando os certificados de aforro e certificados do Tesouro podem ser resgatados?

Se os certificados forem de série B, a pessoa em nome de quem está o certificado pode resgatá-lo desde que já tenha feito 15 anos. Se os certificados forem das séries C, D ou E, é preciso ter 18 anos para fazer o resgate.

Qual a diferença entre certificados de aforro e certificados do Tesouro Poupança valor?

Se subscrever Certificados de Aforro, os ganhos que vai ter de 3 em 3 meses acumulam com o valor inicial dos certificados e passam também eles a render juros. Se subscrever Certificados do Tesouro Poupança Valor, os ganhos que vai ter anualmente são depositados na conta bancária que indicou quando abriu a Conta Aforro.

Como fazer resgate de certificados de aforro?

Os resgates de Certificados de Aforro das séries A, B, C e D em numerário, apenas podem ser efetuados pelo titular da conta aforro, e até ao limite máximo de 3.000 € (três mil euros) por conta aforro e por dia. Conheça as principais características dos Certificados de Aforro. Euribor a 3 meses + 1 %.

Quais são as características dos certificados de aforro?

Conheça as principais características dos Certificados de Aforro. Euribor a 3 meses + 1 %. Esta taxa nunca pode ser inferior a 0 % nem superior a 3,5 %. Quer conhecer todas as características?

Qual o prazo para comprar certificados de aforro?

De uma forma resumida: ao comprar certificados de aforro é como se estivesse a emprestar dinheiro ao Estado. Atualmente a série que se encontra em comercialização, chama-se “ Série E2 ” . Tem um prazo de 10 anos, a partir da respetiva data valor de cada subscrição. Os produtos de aforro têm apenas um titular (são individuais).

Como investir em certificados de aforro?

Se tem umas poupanças de lado e não sabe como rentabilizá-las, investir em certificados de aforro pode ser uma boa solução. Ao adquirir Certificados de Aforro está a comprar dívida pública, com capital garantido pelo Estado. Ou seja, ao subscrever estes títulos, está a emprestar dinheiro ao Estado português.

Como posso subscrever os certificados de aforro?

Os Certificados de Aforro podem ser subscritos em qualquer estação de correio em Portugal e qualquer pessoa pode comprá-los. Só precisas de ser portador de um documento de identificação e número de contribuinte. Não existem limites mínimos ou máximos de idade para subscrever os Certificados de Aforro.

Qual a diferença entre certificados de aforro e certificados do Tesouro?

Penso que só os mais distraídos ainda possuem Certificados de Aforro, pois a remuneração dos Certificados do Tesouro é bastante superior. Como podemos tirar essas conclusões através do quadro demonstrativo das diferenças entre ambos os produtos:

Qual a diferença entre certificados de aforro e poupança valor?

Para o mesmo prazo de 7 anos, o valor obtido para os Certificados de Aforro é inferior ao valor obtido para os Certificados Poupança Valor. No entanto, os pressupostos aplicáveis aos Certificados de Aforro são bastante mais penalizantes e conservadores.

Qual o valor final dos certificados de aforro?

No caso dos Certificados do Tesouro Poupança Valor, ao fim de 7 anos, obtemos um total de 566,7€ creditados anualmente na conta à ordem associada à conta de aforrador. Quanto aos Certificados de Aforro, para o mesmo período, obtemos um total de 527,7€ capitalizados na poupança.

Qual é a diferença entre os certificados do Tesouro e os prémios extras?

Nos Certificados do Tesouro, há uma taxa crescente predefinida, sendo que a partir do segundo ano existe um prémio extra correspondente a 40% do PIB. Para mais informação acerca das diferenças entre estes dois certificados, consulte o quadro abaixo:

Postagens relacionadas: