Amlodipina

amlodipina

Qual a função da amlodipina?

Condução: A amlodipina pode ter uma influência ligeira a moderada na capacidade de conduzir e utilizar máquinas. Se os doentes em tratamento com amlodipina sentirem tonturas, cefaleias, fadiga ou náuseas, a capacidade de reacção pode estar comprometida. É recomendada precaução especialmente no início do tratamento.

Qual a segurança da amlodipina na gravidez?

- Amlodipina Informe o Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos. A segurança da amlodipina na gravidez humana não foi estabelecida.

Quais são os efeitos indesejados do anlodipino?

Fora o edema, que é o efeito indesejado mais comum, o anlodipino também pode provocar as seguintes alterações: Palpitações (5%). Cansaço (5%). Dor de cabeça (3%). Tontura (3%). Dor abdominal (2%). Impotência sexual (2%). Rash na pele (2%). Câimbras (2%). O besilato de anlodipino pode afetar ou ser afetado por outros medicamentos.

Qual é a contraindicação do anlodipino?

A única contraindicação absoluta ao uso do anlodipino é história prévia de alergia ao medicamento. O anlodipino deve ser evitado nos pacientes com estenose da válvula aórtica, na insuficiência hepática grave, nos pacientes hipotensos, nas gestantes ou durante o aleitamento materno.

Quais são os efeitos adversos da amlodipina?

Infelizmente, a vasodilatação também é o mecanismo por trás de alguns efeitos adversos, como o edema dos membros inferiores, conforme veremos mais à frente. A principal indicação para o uso da amlodipina é a hipertensão arterial.

Qual a segurança da amlodipina na gravidez?

- Amlodipina Informe o Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos. A segurança da amlodipina na gravidez humana não foi estabelecida.

Como a amlodipina pode aliviar a dor de peito causada por angina?

Se sofrer de angina, a amlodipina actua por aumento do aporte de sangue ao músculo liso, o que aumenta a quantidade de oxigénio recebido e como resultado é prevenida a dor no peito. No entanto a amlodipina não provoca um alívio imediato da dor de peito causada por angina. O que se deve tomar em consideração antes de utilizá-lo?

Como a amlodipina pode afetar a pressão sanguínea?

A amlodipina pode acentuar o efeito de baixar a pressão sanguínea destes medicamentos. Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica. A amlodipina Sandoz pode ser tomada antes ou depois de alimentos e líquidos.

Se sofrer de angina, a amlodipina actua por aumento do aporte de sangue ao músculo liso, o que aumenta a quantidade de oxigénio recebido e como resultado é prevenida a dor no peito. No entanto a amlodipina não provoca um alívio imediato da dor de peito causada por angina. O que se deve tomar em consideração antes de utilizá-lo?

Como a amlodipina pode afetar a pressão sanguínea?

Qual é a contraindicação do anlodipino?

A única contraindicação absoluta ao uso do anlodipino é história prévia de alergia ao medicamento. O anlodipino deve ser evitado nos pacientes com estenose da válvula aórtica, na insuficiência hepática grave, nos pacientes hipotensos, nas gestantes ou durante o aleitamento materno.

Quais são as reações alérgicas do anlodipino?

Nestes estudos clínicos não foram observados padrões de anormalidades laboratoriais clinicamente significantes relacionados ao anlodipino. Os eventos raramente relatados foram as reações alérgicas, incluindo prurido, rash, angioedema e eritema multiforme.

Qual a relação entre o uso do anlodipino e a hospitalização?

Alguns casos graves requerendo hospitalização foram relatados em associação ao uso do anlodipino. Em muitos casos, a relação de causalidade é incerta.

Qual a diferença entre anlodipino e insuficiência cardíaca?

Se você tem insuficiência hepática (falência da função do fígado), o anlodipino deve ser administrado com cuidado. Se você tem insuficiência cardíaca (incapacidade do coração bombear a quantidade adequada de sangue) de origem não isquêmica (ou seja, não relacionada ao fluxo de sangue reduzido), o anlodipino deve ser administrado com cuidado.

Postagens relacionadas: